fbpx

600 metros de rede são recolhidos de rios do Cantão durante fiscalização do Naturatins

Foram três dias de fiscalização, percorrendo os principais cursos hídricos localizados dentro do Parque Estadual do Cantão. Crédito/Foto: Divulgação.

Por Gabriela Santos 

Durante três dias de operação de fiscalização nos trechos dos rios Coco, Araguaia, Furo do Perdido e lagos localizados no interior do Parque Estadual do Cantão (PEC), o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) recolheu 600 metros de redes de emalhar, material usado em pesca predatória.   

Segundo  informações divulgadas pela pasta, entre os dias 1º e 4 de abril foi realizado um  patrulhamento ambiental terrestre nos portos pesqueiros de Caseara, além dos cursos hídricos, que foram percorridos de barco. Não foi registrado nenhum flagrante de infração ou crime ambiental.

O Naturatins informou que o material recolhido no cantão foi levado para o pátio do Destacamento da Polícia Militar Ambiental (DPMA), pasta que também participou da ação de fiscalização. 

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *