fbpx

Aplicação da vacina Pfizer contra o coronavírus em adolescentes maiores de 12 anos é autorizada pela Anvisa no Brasil

Imagem: Divulgação

Por João Pedro Gomes

A aplicação da vacina Pfizer contra a Covid-19 em adolescentes com idade superior a 12 anos foi autorizada no Brasil, nesta sexta-feira (11), pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Agora, esse imunizante é o único que pode ser aplicado em adolescentes no país. 

A expansão ocorreu após a Pfizer provar, por meio de estudos, que há segurança na aplicação do imunizante em adolescentes, e que há eficácia contra o vírus da COVID-19. As pesquisas foram desenvolvidas fora do Brasil e avaliadas pela Anvisa. A vacina já era autorizada para o grupo com idade entre 12 e 18 anos nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e em toda a Europa. 

O Ministério da Saúde afirmou, em nota, que “a ampliação da vacinação para adolescentes a partir dos 12 anos, com o imunizante da Pfizer, será debatida na Câmara Técnica Assessora em Imunização e Doenças Transmissíveis”, e finalizou ressaltando que  “neste momento, a prioridade é vacinar todos os grupos prioritários estipulados pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e imunizar a toda a população acima de 18 anos.”

Depoimentos e documentos apresentados na CPI da Covid comprovam que o Brasil não respondeu ou negou, por diversas vezes, as tentativas de contato da Pfizer para vender as vacinas no país. Foram, pelo menos, 53 e-mails enviados pela empresa farmacêutica ofertando os imunizantes ignorados. 

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *