fbpx

Biênio 2021/2023: Estellamaris Postal é a nova defensora pública-geral da DPE-TO

Evento foi restrito à autoridades convidadas. Foto: Loise Maria/DPE-TO

Ocorreu nesta segunda-feira, 25, na Defensoria Pública do Estado do Tocantins, uma sessão solene para o empossamento da defensora pública Estellamaris Postal no cargo de defensora pública-geral no Tocantins, biênio 2021/2023. O evento foi restrito a algumas autoridades convidadas, com o intuito de evitar aglomerações e, consequentemente, a transmissão de COVID-19. Contudo, foi transmitido de forma simultânea no site da DPE-TO para o público.

“Dedicarei todas as minhas forças para o bem desempenhar desta missão e creio que a principal missão será identificar as principais necessidades dos assistidos, oferecendo soluções e promovendo a cidadania junto à construção de uma Defensoria forte. E uma Defensoria forte é a garantia de uma dignidade respeitada”, afirmou, em parte de seu discurso de posse. 

Participantes da cerimônia

A cerimônia contou com a presença de Mauro Carlesse (DEM), governador do Estado. “Estou muito feliz de ter a senhora como líder da Defensoria Pública. Sou um admirador da sua competência, facilidade no diálogo e acredito que é necessário que tenhamos mais mulheres nos espaços de poder. Que possamos continuar com essa parceria institucional que já tínhamos com o Fábio [Monteiro] na gestão e que possamos, juntos, continuar trabalhando muito pelo bem do povo”, expressou Mauro Carlesse.

Fábio Monteiro, defensor público-geral no Tocantins do biênio 2019/2021, também discursou no evento, e afirmou estar feliz com seu tempo de contribuição. Além disso, se colocou à disposição da nova gestão. 

Perfil de Estellamaris

Dados da Defensoria Pública do Estado do Tocantins revelam a carreira de Estellamaris. Confira abaixo:

  • Graduada em Direito pela Universidade de Passo Fundo (RS) e pós-graduada em Gestão Pública, Direito Civil e Processual Civil pela Fundação Universidade do Tocantins (Unitins). 
  • Efetivou-se na Defensoria Pública do Tocantins (DPE-TO) em 1994. 
  • Fez parte do Conselho Penitenciário do Tocantins, em 2005.
  • Foi vice-presidente da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídicas (ABMCJ). 
  • Eleita defensora pública-geral no Tocantins no biênio 2007/2008, sendo reconduzida ao cargo no biênio 2009/2010.
  • Foi subdefensora pública-geral no biênio 2011/2013, e nos biênios 2017/2019 e 2019/2021.
  • Eleita e nomeada corregedora-geral da Defensoria Pública no biênio 2013/2015, foi reeleita por unanimidade e reconduzida ao cargo para o biênio 2015/2017.
  • Foi secretária executiva do Colégio Nacional das Defensoras e Defensoores Públicos Gerais (Condege) e membro do Conselho Nacional dos Corregedores Gerais das Defensorias Públicas Estaduais, do Distrito Federal e da União.
  • Além de suas funções como defensora pública da Classe Especial perante o Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), prestou serviços junto ao Ministério da Justiça entre os anos de 2012 e 2013, por meio de acordo de cooperação firmado entre a Defensoria Pública e o referido Ministério.
  • Coordenou os trabalhos da Força Nacional de Execução Penal no Estado de Santa Catarina em 2013.
  • Participou da Elaboração do III Diagnóstico das Defensorias Públicas e do Brasil.
  • Foi a primeira mulher a ser nomeada secretária nacional da Reforma do Judiciário, do Ministério da Justiça, em 2014.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *