fbpx

Centro de Logística Reversa deve fomentar economia circular em Palmas

Espaço também deve dar destinação correta a eletroeletrônicos, eletrodomésticos e móveis, que antes não tinham local apropriado para descarte. Crédito: Prefeitura de Palmas.

Por Gabriela Santos 

Foi inaugurada na última segunda-feira, 02, a primeira Central de Recebimento e Logística Reversa de Eletroeletrônicos e Eletro Domésticos do Estado do Tocantins. De acordo com a Prefeitura de Palmas, a expectativa é que além de dar destinação correta a esse tipo de resíduos, a iniciativa também ajude a fomentar a economia circular na Capital, por meio da reutilização de produtos e materiais que seriam descartados como lixo.

A pasta informou que a instalação desse ponto de recebimento desses materiais foi possível graças a uma parceria celebrada por meio da Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA) e a Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (ABREE) e o Instituto Natura Vida (INA), que é o espaço que receberá os resíduos. A ação é apoiada pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e pela Secretaria de Qualidade Ambiental, do Ministério do Meio Ambiente.

Segundo informações divulgadas pela pasta, o Instituto Natura Vida conta atualmente com mais de 3.400 pontos de recebimento desse tipo de resíduos em todo o País, presentes em mais de 1.200 municípios brasileiros. Já o Tocantins possui 22 pontos, incluindo o que acabou de ser inaugurado em Palmas. 

A Prefeitura destacou ainda cinco benefícios proporcionados pela logística reversa de eletroeletrônicos e eletrodomésticos, que são: geração de empregos verdes, preservação de recursos naturais, prevenção de poluição ambiental, redução do consumo de energia e redução de consumo de energia pelas indústrias.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *