fbpx

Cinthia Ribeiro informa por meio de uma rede social que nenhum paciente está nesta semana aguardando por leito de UTI-Covid19

Cinthia Ribeiro
Foto: Divulgação/Internet

Por Ivan Trindade


Por meio de sua rede social no Twitter, a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB) informou nesta segunda-feira, 5, que na Capital, no começo desta semana, nenhum paciente está aguardando por leito de UTI-COVID19 nas UPAS, Unidade de Pronto Atendimento. Ainda no post, Cinthia pediu para que as pessoas continuem reforçando o distanciamento social, “se protegendo e cumprindo os decretos p/ não retrocedermos”, disse.

De acordo com a edição do Boletim Epidemiológico deste domingo, 04, 35.733 casos de Covid-19 já foram confirmados na Capital, de 60.160 descartados e de 144.309 notificados. Atualmente, 4.650 seguem em isolamento, 30.557 estão recuperados, 137 internados e 389 faleceram. A taxa hospitalar é de 78,6% e 137 pessoas estão internadas. Até então, 26.531 doses já foram aplicadas contra a Covid-19.

Foto: Reprodução Twitter

Na última quinta-feira, inclusive, a prefeitura publicou um novo decreto que autorizou a abertura de alguns setores do comércio na Capital. De acordo com a normativa, a partir já desta segunda-feira, 5, seguem em vigor as determinações do último decreto, contudo fica já permitido, com horário específico, o funcionamento de algumas atividades caracterizadas como não essenciais. Confira aqui.

Em live na semana passada, Cinthia Ribeiro respondeu questionamentos de jornalistas em relação às decisões que estão sendo tomadas e serão tomadas, em relação à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Questionada sobre o impacto do fechamento no comércio, Cinthia afirmou que infelizmente essa é uma realidade que está atingindo todo o País. “Se você for olhar em São Paulo, está tudo do mesmo jeito. E com isso, hoje, o nosso foco é defender primeiramente a vida das pessoas, pra depois, só assim, pensarmos no CNPJ”, afirmou a prefeita ao ser questionada a respeito do decreto que mantém grande parte do mercado fechada, na Capital.

Sobre saúde, a prefeita, acompanhada do secretário exectuvido da Semus, Secretaria Municipal de saúde, Daniel Borini, afirmou que várias medidas já estão sendo adotadas no momento, como a ampliação das UPAs, bem como, a avaliação de como administrar os leitos disponíveis hoje. “Infelizmente novos leitos já nascem semanalmente ocupados. A demanda está sendo muito grande, e mesmo que todos os dias passemos a oferecer mais leitos, esses já estarão ocupados”, disse. “Toda essa dinâmica de construção que temos hoje na Saúde, foi algo que fizemos não só no úlimo ano, mas principalmente nos últimos 90 dias. Então hoje essa é a nossa realidade”, comentou.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *