fbpx

Comércio não essencial palmense é flexibilizado em novo Decreto

Imagem: Luciana Pires/Prefeitura de Palmas

Por João Pedro Gomes

De acordo com o ‘coronômetro’ de Palmas, houve uma queda considerável na transmissibilidade do novo coronavírus (SARS-CoV-2) em Palmas, o que possibilitou a flexibilização de alguns setores do comércio não essencial pela Prefeitura. A partir desta segunda-feira, 19, algumas medidas que constam no decreto nº 2.029, publicado na última quinta-feira, 15. 

O documento informa que restaurantes estão autorizados a funcionar todos os dias da semana, das 11h às 15h, com entrada de clientes limitada a 30% da capacidade do comércio. Após esse horário, os estabelecimentos podem realizar entregas em domicílio ou retirada no local até meia noite.  

As padarias também passam a ter assentimento para funcionar todos os dias, de 06 às 22h, com capacidade de consumidores do local reduzida a 30%; além disso, podem permitir consumo no local entre 6h e 10h, para cafés da manhã. 

Já no caso dos bares, lanchonetes e afins, a permissão para funcionamento todos os dias, das 8h à meia noite, também se aplica; entretanto, consumo no local segue proibido, e apenas retiradas no local ou entregas são permitidas.


Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *