fbpx

Criminosos invadem e desmatam área da Ilha do Bananal

Imagem: Divulgação

Por João Pedro Gomes

Áreas desmatadas por madeireiros dentro da ilha do Bananal, no oeste do Tocantins, foram encontradas por equipes da Polícia Ambiental e da Fundação Nacional do Índio (Funai). Segundo os policiais, árvores centenárias foram derrubadas no meio da ilha. “São profissionais né, na derrubada de árvores. São muito rápidos né, eles já vem, já derruba e já faz o transporte né”, declarou o representante da Funai, Reinaldo Amaral Neres.

A mata é de difícil acesso, todavia, isso não é empecilho para a ação dos criminosos, que buscam as árvores nobres de grande volume e grande rendimento. De acordo com os fiscais, a ação foi recente e até um jatobá centenário foi derrubado. 

A ilha faz parte do Parque Nacional do Araguaia e é a maior ilha cercada por água de rios do planeta, e possui uma natureza intocada, onde habita uma das maiores populações indígenas do Tocantins. “Tá entrando dentro do nosso território, da nossa casa né. A gente não pode falar nada, a gente não pode nem se quer pedir pra se retirar porque ainda pode ter violência contra a gente”, publicou a indígena Arielly Karajá, cacique de uma das aldeias.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *