fbpx

Estudo sobre terceira dose da vacina AstraZeneca foi autorizado pela Anvisa nesta segunda-feira (19)

Imagem: Dado Ruvic/Reuters

Por João Pedro Gomes

Foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nesta segunda-feira (19), a realização de um estudo para verificar a segurança e eficácia de uma terceira dose da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca. A notícia foi divulgada por meio de nota do órgão.

Conforme informado, o estudo é patrocinado pela farmacêutica AstraZeneca e será realizado com pacientes que receberam as duas doses da vacina da pesquisa inicial, com um intervalo de quatro semanas entre elas. A terceira dose será aplicada entre 11 e 13 meses após a segunda dose. Cerca de 10 mil voluntários da Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e São Paulo participarão do experimento.

Além disso, o estudo clínico sobre a segurança e eficácia do medicamento Proxalutamida contra a infecção viral e o processo inflamatório causadas pela Covid-19 também foi autorizado. A empresa chinesa Suzhou Kintor Pharmaceuticals realizará o estudo em participantes ambulatoriais do sexo masculino com Covid-19.

Esse estudo será realizado na Alemanha, Argentina, África do Sul, Ucrânia, México, Estados Unidos e no Brasil, onde participarão 12 voluntários no Estado de Roraima e outros 38 em São Paulo. 

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *