fbpx

Família falece por Covid-19 em Palmas num intervalo de poucos dias

Imagem: Divulgação

Por João Pedro Gomes

Tristeza em Palmas: o auditor fiscal Rogério Alves Magalhães, de 49 anos, morreu nesta terça-feira (1º) em decorrência de complicações por Covid-19. Antes dele, a mulher e o filho também faleceram em decorrência do coronavírus, com apenas alguns dias de diferença. 

O servidor da Secretaria Estadual da Fazenda estava internado há dias em um hospital particular na capital, e foi o terceiro da família a não resistir. A esposa Darly Oliveira Serra Magalhães faleceu quatro dias antes, dia 29 de maio. O filho, Rogério Alves Magalhães Filho, foi o primeiro a partir, dia 21 do mesmo mês.

O filho, inclusive, tinha apenas 21 anos de idade e cursava ciências da computação, na Universidade Federal do Tocantins (UFT). O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Tocantins (SINDIFISCAL) decretou luto oficial de três dias, lamentando a morte da família do servidor. Já a Secretaria da Fazenda divulgou: “Rogério é descrito pelos colegas de trabalho como divertido, solidário e comprometido com o serviço público”.

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *