fbpx

Governo do Tocantins explica contratação milionária de três aeronaves para Mauro Carlesse

Imagem: Esequias Araujo/Governo do Tocantins

Por João Pedro Gomes

Após a polêmica licitação de R$ 28,9 milhões da Secretaria Executiva da Governadoria para contratar três aeronaves (um jato executivo, um bimotor turbo hélice e um helicóptero) para transportar o governador do Estado, Mauro Carlesse (PSL), e toda a sua equipe, o Governo do Tocantins se pronunciou, afirmando que os atuais contratos de aluguel de aeronaves não estão atendendo à demanda. 

Os auditores apontaram irregularidades na licitação milionária e questionaram o interesse público na contratação de alto custo para transporte do governador e sua equipe. O Executivo alegou que o valor total do contrato é uma referência para o teto de gasto: “Somente haverá pagamento das horas efetivamente voadas”, disse em nota. 

Ainda de acordo com o Executivo, as três naves, diversas, são necessárias em razão das condições das pistas de pouso no interior do Tocantins, além da necessidade de tornar o deslocamento do governador e sua equipe mais dinâmico para o cumprimento de seus compromissos: “muitos deles [os eventos ocorrem] em um mesmo dia. Isso justifica a necessidade de um meio de transporte ágil e seguro, capaz de suprir esta demanda”, afirmou. O Tribunal de Contas do Estado afirmou que, caso sejam identificadas ilegalidades na execução do contrato, as medidas cabíveis serão tomadas. 

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *