fbpx

Governo não decreta ponto facultativo no carnaval para evitar aglomerações e proliferação da Covid-19

Palácio Araguaia
Foto: Dynyme Hergbeth

Por Ivan Trindade

No Tocantins não será ponto facultativo no carnaval. A decisão foi informada pelo Governo nesta sexta-feira. Justificando a medida, o Estado afirmou que a medida foi tomada para evitar aglomerações e a consequente proliferação da Covid-19, uma vez que, até essa quinta-feira, 4, o Estado já havia registrado mais de 100 mil casos de pessoas infectadas pelo vírus e 1.402 mortes.

Portanto, todos os órgãos e autarquias devem funcionar normalmente no período compreende os dias 15, 16 e 17 de fevereiro, de segunda a quarta-feira. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, a medida é importante pela particularidade do feriado de carnaval. “Diferente de outros feriados, quando o Governo decidiu por emendar a folga por mais dias estimulando a população a ficar em casa, o carnaval, pela sua característica, estimula exatamente o contrário: festas e aglomerações. Essa é uma realidade que temos que enfrentar para ajudar a conter o avanço da pandemia no Tocantins”, disse.

Sempre foi comum que nos outros anos o Estado declarasse ponto facultativo nas datas. Contudo, em razão à pandemia, causada pelo novo Coronavírus, as comemorações de carnaval já estavam proibidas pelo Poder Público.

Desde março do ano passado, o estado de calamidade pública decretado pelo governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, vetava, entre outras coisas, aglomerações em espaços públicos e privados.

Segundo o Governo, além do Tocantins, outros estados também já anunciaram a suspensão do ponto facultativo no período de Carnaval, a exemplo do Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo, Santa Catarina e Sergipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *