fbpx

Hemocentro pede doações de sangue focadas em manter Hemorrede no período de fim de ano

Foto: André Araújo

Por Ivan Trindade

Um alerta emitido pela Hemorrede Tocantins trouxe uma importante questão: a doação de sangue, com foco principalmente no fim de ano, quando acidentes costumam, infelizmente, ocorrer com determinada frequência. Acontece que, de acordo com a rede, o Estado está hoje com baixos estoques de sangue. A situação pode ocasionar problemas, a depender de demandas que possam vir a surgir.

A Secretaria de Estado da Saúde, em razão disso, está convocando a população para fazer a doação de sangue. “Convocamos toda a população para fazer a doação de sangue. Precisamos de todos os tipos sanguíneos”, enfatizou a responsável pela Área de Captação de Doadores do Hemocentro Coordenador de Palmas, Roberia Fernandes.

Para doar, os interessados precisam fazer o agendamento, uma vez que, todos os hemocentros do Tocantins estão seguindo protocolos rígidos para segurança e combate à pandemia da Covid-19. O processo pode ser feito via telefone, nas unidades da Hemorrede do Tocantins: Hemocentro Coordenador de Palmas: 3218-3232 e 0800-642-8822; Unidade de Coleta de Palmas (anexo ao HGP): 3218-7336.

É importante lembrar que para ser um doador de sangue, é necessário estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50 kg, não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação, ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas, estar bem alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 3 horas que antecedem a doação) e apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial.

Quanto aos impedimentos definitivos para a doação são: Hepatite após os 11 anos de idade, uso de drogas injetáveis, evidência clínica ou laboratorial de doenças transmissíveis pelo sangue, como hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV 1 e 2, doença de Chagas e Malária.

» Coronavírus:

Candidatos que apresentaram infecção pelo COVID-19 são considerados inaptos por um período de 30 dias, após recuperação clínica completa (assintomáticos). Candidatos que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com casos suspeitos ou confirmados de contaminação por coronavírus devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.
Profissionais da saúde (médicos, enfermeiros entre outros) que trabalham diretamente com pacientes portadores de Covid-19 devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.

Candidatos que foram vacinados contra Covid-19 só podem doar:- 48 horas após cada dose (vacina Coronavac, da Sinovac/Butantan);
– 7 dias após cada dose (vacina da Oxford/AstraZeneca/Fiocruz);
– 7 dias após cada dose (vacina da Pfizer/BioNtec/Fosun Pharma);
– 7 dias após cada dose (vacina da Janssen-Cilag);
– 7 dias após cada dose (vacina Sputinik V, da Gamaleya National Center);
– 48 horas após cada dose (vacina Covaxin, da Bharat Biotech); e
– 7 dias após cada dose (vacina da Moderna/Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *