fbpx

Idosa entrega latas com maconha à Polícia Civil alegando que o neto guardou afirmando que eram plantas medicinais

Imagem: Polícia Civil do Tocantins

Por João Pedro Gomes

A Polícia Civil apreendeu, na última quarta-feira (02), uma grande quantidade de maconha em Recursolândia, que foi entregue por uma idosa que afirmava que o neto pediu para que ela guardasse as ervas que eram “utilizadas para fins medicinais”, o que atiçou a desconfiança da senhora. A apreensão foi realizada pelos agentes da 5ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC) de Guaraí.

Em meio a uma investigação da existência de possíveis bocas de fumo no município, os policiais receberam informações sobre dois pontos suspeitos no setor Serrano. Ao chegar ao local, os agentes encontraram quatro homens que, segundo eles, demonstraram nervosismo com a aproximação. Com um dos homens (de 22 anos) foram encontradas porções de maconha e pedras de crack, e com outro (39) dois pacotes com maconha foram localizados. Os dois foram presos. 

No local, uma mulher se apresentou aos policiais e entregou a eles duas latas cheias de maconha, cada uma pesando aproximadamente 400 gramas, além de um saco plástico com droga. Ela disse que o neto havia pedido para que ela guardasse o material e também alegou que o produto era de outro homem. 

A polícia não encontrou nenhum outro suspeito de envolvimento com o tráfico. Os homens presentes no local foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Os dois foram encaminhados para a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Guaraí.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *