fbpx

Idoso que abusou da neta de criação por mais de 700 vezes é preso em São Sebastião do Tocantins

Foto: Divulgação

Por João Pedro Gomes

A Polícia Civil prendeu um homem de 64 anos na tarde desta quinta-feira, 14, no município de Sebastião do Tocantins. O homem é suspeito de estuprar a própria neta por mais de cinco anos seguidos, dos seis aos onze anos de idade da criança. 

A 7ª Delegacia de Polícia Civil de Esperantina começou a investigar o caso após um vídeo divulgado em redes sociais pela própria jovem, que hoje possui 18 anos de idade. Na publicação, ela informou que os crimes foram praticados de 2008 a 2013, e que os estupros ocorriam em média três vezes por semana, o que totalizam algo em torno de 720 abusos. 

Durante a investigação, a polícia descobriu também que o homem teria abusado inclusive das filhas de criação, e até mesmo a mãe da jovem que denunciou o caso. O delegado Jacson Wutke explicou: “Por meio das investigações, descobrimos que a pequena vítima ficava encarregada de levar a comida para o autor em seu local de trabalho e também buscar eventualmente o que sobrava da merenda escolar. Desse modo, ele também aproveitava esses momentos para praticar os estupros na própria escola que trabalhava”.

O homem foi interrogado e preso nesta quarta-feira, 14, como cumprimento a um mandado de prisão preventiva da Vara Criminal de Augustinópolis. Ele foi encaminhado para a Unidade Prisional de Araguatins e deverá responder por estupro de vulnerável com o agravante de ter sido cometido contra uma neta de criação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *