fbpx

Irmãos que cometeram abusos sexuais contra uma criança em Jaú do Tocantins são condenados pela Justiça

Foto: Divulgação

Por João Pedro Gomes

Os dois criminosos responsáveis pelos abusos sexuais de uma criança de 11 anos no Povoado Lourenço Borges, no município de Jaú do Tocantins, foram condenados a 14 anos e nove anos e quatro meses de reclusão, respectivamente. Os homens foram identificados como Tomaz V. B. e Alberto V. B. Os crimes ocorreram diversas vezes entre setembro e novembro de 2020.

A juíza Ana Paula Araújo Aires Toribio, da 1ª Escrivania Criminal de Peixe, considerou que “os acusados são imputáveis, tinham a plena consciência dos atos delituosos praticados e era exigível que se comportassem de conformidade com o direito, se assim não for, tampouco desconstruíram as provas materiais que pendem sobre eles”.

De acordo com o processo, a exploração era realizada na residência de Tomaz, tio da criança, nos momentos em que ele se encontrava sozinho com a sobrinha. Ele teria, inclusive, dado dinheiro à criança em todas as vezes, para que ela não revelasse a ninguém o que havia acontecido. O Ministério Público Estadual (MPE-TO) foi o realizador da denúncia.

Já Alberto, irmão de Tomaz, dono de um comércio da cidade, abusou ao menos uma vez da criança, e sugeriu a ela que, caso descobrissem, que ela contasse que o pai dela era quem havia cometido o crime. Ambos foram denunciados de forma anônima ao Conselho Tutelar de Jaú do Tocantins.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *