fbpx

Janela de plantio da soja sequeiro encerra dia 18 de fevereiro

Foto: Divulgação Adapec


Por Ivan Trindade

A janela de permissão para plantio da soja termina nesta sexta-feira, dia 18. De acordo com a Adapec, Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), é importante respeitar o período, uma vez que, a medida busca controlar e evitar a disseminação da ferrugem asiática. No Tocantins, a janela de plantio para a safra 2021/2022, começou no dia 1º de outubro. Com o término do prazo fica proibido o plantio da oleaginosa no Estado.

A partir desta data, os sojicultores terão o prazo de cinco dias úteis para declarar a área cultivada para a Adapec. Marley Camilo, gerente de sanidade vegetal, afirmou que a janela de plantio é um instrumento legislativo que visa reduzir o número de aplicações de fungicidas ao longo da safra, e assim, reduzir a pressão de seleção de resistência dos fungos aos fungicidas, e consequentemente diminuir o custo de produção aos produtores rurais.

Ferrugem Asiática no Tocantins

Conforme a Adapec, o número de focos de ferrugem asiática no Tocantins está controlado, embora o grande volume de chuvas durante toda a fase de semeadura contribua para o surgimento de focos. Por isso, a Agência alerta os sojicultores para continuarem os monitoramentos de pragas em suas lavouras até a fase final de colheita.  

O responsável técnico pelo Programa Estadual de Controle da Ferrugem Asiática, Cleovan Barbosa, explicou que a legislação estabelece aos produtores de soja a obrigatoriedade na realização de cadastro das áreas cultivadas de sequeiro. “Os sojicultores devem ficar atentos ao prazo que encerrará no dia 25 de fevereiro. É por meio deste cadastro que realizamos o monitoramento de pragas nas lavouras. Quem não fazê-lo poderá sofrer sanções previstas em lei,” alertou Cleovan Barbosa.

Para realizar o cadastro, o sojicultor deve procurar o escritório da Adapec do município onde está a área plantada e preencher o formulário, ou se preferir, acessar o site www.to.gov.br/adapec, preencher as informações e entregar na Agência. O produtor deverá ainda emitir o DARE (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais) no site: www.to.gov.br/sefaz, e efetuar o pagamento para finalizar o cadastro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *