fbpx

Jogadores vítimas do acidente aéreo no último mês são homenageados em cerimônia neste sábado, 30

Imagem: Ezequias Araújo/Governo do Tocantins

Por João Pedro Gomes

Ocorreu neste último sábado (30) uma cerimônia de homenagem aos jogadores que faleceram no acidente aéreo no último dia 24 de janeiro. Estiveram presentes o chefe de gabinete do Palácio Araguaia, Sebastião Albuquerque; os jogadores do Palmas Futebol e Regatas; Robson Tavares, diretor-executivo do clube; além do representante da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes – SEDUC, Clay Marinângel.

Os jogadores e os convidados tiveram um momento de fala, onde tiveram a oportunidade de externar seus sentimentos e proferir palavras de conforto e homenagens às vítimas. 

“É um momento que a gente sente, foram companheiros que compartilhavam do mesmo sonho e objetivo. Deus é soberano e tem propósito em tudo o que faz. Temos que nos voltar ao Senhor, e mostrar como é o ser humano. Hoje estamos aqui e amanhã podemos não estar mais. É um momento de nos aproximar de Deus, porque só ele que sabe do futuro. Deixo como reflexão para que cada um possa ver como está andando, já que qualquer um de nós poderia estar ali”, discursou o jogador Rafael Teixeira (28), ao prestar suas homenagens.

Sebastião Albuquerque enfatizou em sua fala: “Temos que viver a vida e as vontades do Senhor, temos que aceitar. Somos visitantes deste tempo e estamos de passagem. Agora, vocês atletas tem mais que um sonho, vocês têm que buscar formas de realizar esse sonho. Trago essa mensagem do governador Mauro Carlesse, deixando o Governo do Tocantins à disposição de todo o clube e das famílias das vítimas. Todo o Tocantins sentiu essa perda e queremos deixar nossa mensagem e apoio ao Palmas Futebol e Regatas”, finalizou.

Acidente e vítimas

No dia 24 aconteceu o acidente aéreo na pista da Associação Tocantinense de Aviação (ATA), no distrito de Luzimangues. A aeronave era particular, de modelo BE-58 Baron, e caiu e pegou fogo após sua decolagem. Os jogadores e o técnico do clube Palmas Futebol e Regatas iam para Goiânia, onde ocorreria uma partida do time contra o Vila Nova pela Copa Verde.

As vítimas são: o empresário palmense e presidente do clube Palmas, Lucas Meira (32); o comandante e piloto da aeronave, Wagner Machado (59); o jogador lateral-esquerdo do clube, Lucas Praxedes (23); o atacante da equipe, Marcus Molinari (23); o goleiro do Palmas, Ranule Gomes (27); e o volante e zagueiro do time, Guilherme Noé (28).

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *