fbpx

Naturatins intensifica ações de combate à pesca predatória nos últimos dias da Piracema

Foto: Ascom Naturatins


Por Ivan Trindade



Chegando agora já nos últimos dias da Piracema, o Naturatins, Instituto Natureza do Tocantins voltou a realizar, durante o período de carnaval, ações de fiscalização no combate à pesca predatória do Estado, em parceria com a Guarda Metropolitana de Palmas, Marinha do Brasil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA). 

Isso porque, até o dia 28 deste mês, fica proibida a pesca em todas as suas modalidades, nos rios, lagos ou qualquer outro curso hídrico no Tocantins, o que inclui ainda a promoção de campeonatos ou torneios de pesca. Com exceção do pirarucu, cujo período de defeso na bacia hidrográfica dos rios Araguaia-Tocantins é de 1º de outubro a 31 de março.

A Piracema começa comumente no dia 1º de novembro de todo ano. De acordo com o gerente de Fiscalização Ambiental do Naturatins, Cândido José dos Santos Neto, as ações de combate à pesca predatória estão sendo intensificadas. “Foram realizadas rondas ostensivas aquática e terrestre nas praias do Prata e do Caju, Ribeirão Taquarussu, Bertaville, Luzimangues e Santa Luzia, e ainda em feira de Miracema do Tocantins e Lajeado. Simultaneamente equipes de Pedro Afonso realizaram ações nos municípios de Pedro Afonso, Rio Sono e Tupiratins,  onde  recolheram um número significativo de redes de pesca”, disse.

Denúncia

Qualquer cidadão pode fazer denúncias de crimes ambientais de forma anônima e gratuita utilizando os canais do Naturatins. Basta acessar o site naturatins.to.gov.br e clicar em Linha Verde ou também ligar para o número 0800 063 1155. O sigilo do denunciante é garantido, mas é necessário que seja fornecida a localização e o tipo de ocorrência. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *