fbpx

‘O Menino Que Matou Meus Pais’ e ‘A Menina Que Matou os Pais’ já estão disponíveis na Amazon Prime Video

Foto: Divulgação

Por João Pedro Gomes

Saiu, nesta sexta-feira, 24, os filmes tão aguardados por diversos brasileiros: ‘A Menina Que Matou os Pais’ e ‘O Menino Que Matou Meus Pais’ estão disponíveis na plataforma de streaming da Amazon, a Prime Video. Os longas contam duas versões da mesma história: o caso Suzane Von Richthofen e Daniel Cravinhos, um dos crimes mais famosos do Brasil. 

Após o adiamento em decorrência da pandemia, os filmes sobre o caso que há quase 19 anos atrás chocou o Brasil ganharam data de estreia ainda em agosto, quando o público tomou conhecimento também que os longas não serão exibidos nos cinemas, mas sim lançados diretamente no serviço de streaming da Amazon Prime Video em mais de 240 países e territórios.

Cada longa mostra a versão de um dos dois responsáveis pelo crime: Suzane Von Richthofen (filha do casal assassinado), em ‘O Menino Que Matou Meus Pais’; e Daniel Cravinhos (seu, até então, namorado), com ‘A Menina Que Matou os Pais’. Ambos são mandantes do assassinato de Manfred Albert von Richthofen e Marísia von Richthofen, pais de Suzane. 

Em entrevista ao G1, a atriz e ex-BBB Carla Diaz contou sua experiência de vivenciar Suzane nos longas: “[…] a gente tá falando sobre dois filmes que abordam o mesmo assunto sob dois olhares diferentes. Só que em um deles a gente também tem a versão no tribunal, onde a gente narra a história anos depois. A personagem muito mais velha, depois de presa. Então, acaba sendo uma outra perspectiva. Com certeza foi um grande desafio.”

O diretor da obra, Maurício Eça, elucidou que nenhum dos réus será beneficiado com a produção: “Já divulgamos que nenhum dos envolvidos irá ganhar dinheiro com a produção. O filme todo é baseado num processo penal, então não estamos contando algo que já não foi divulgado. Eles são réus confessos. O filme não tem a pretensão nem de julgar, nem defendê-los”. 

Além disso, ele também pontuou que os telespectadores devem assistir aos dois filmes, independente da ordem. “São dois filmes iguais. É o mesmo fato. O mesmo caso. O que vai diferir são os pontos de vista. Mas eu não posso roubar de um lado ou de outro […] Eu hoje te diria para ver primeiro o ‘O menino que matou’ e depois ‘A menina’. Seria a ordem que eu aconselharia. Mas não tem ordem. O importante é ver os dois”, pontuou Eça.

Os roteiros foram produzidos pela criminóloga Ilana Casoy, autora de “Casos de Família: Arquivos Richthofen”, e Raphael Montes. O elenco é composto por Leonardo Medeiros (Manfred Von Richthofen), Vera Zimmermann (Marísia Von Richthofen), Débora Duboc (Nadja Cravinhos), Augusto Madeira (Astrogildo Cravinhos), Allan Souza Lima (Christian Cravinhos) e Kauan Ceglio (Andreas Von Richthofen), além de, claro, os protagonistas: Carla Diaz e Leonardo Bittencourt. 

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *