fbpx

Oscar 2021: confira os vencedores

Por Luiz Filho

Depois de passar por uma adequação de regras e adiamento da data, a cerimônia do Oscar ocorreu no último domingo, 25 de abril, e surpreendeu a muitos com os resultados. Além das surpresas, o edição desse ano é também um grande destaque sendo a edição com maior representatividade, com profissionais não brancos e mulheres sendo, finalmente, reconhecidos pelos seus méritos.

Um dos principais prêmios da noite, de melhor direção, foi entregue para Chloé Zhao, de origem chinesa, pelo filme Nomadland. Em 93 anos de premiação essa é a segunda vez que uma mulher recebe a estatueta, e a primeira vez que uma mulher não branca vence. Inclusive, essa não foi a primeira vez que a diretora subiu ao palco, pois ela ainda voltou ao palco ao lado de Frances McDormand e os produtores do filme, para receber o prêmio pela categoria de Melhor Filme. Ao todo o filme levou três estatuetas, uma vez que Frances McDormand venceu a categoria de Melhor Atriz.

Daniel Kaluuya que concorria com o colega de elenco Lakeith Stanfield na categoria Melhor Ator Coadjuvante, levou a estatueta pela atuação no filme Judas e o Messias Negro. O filme ainda levou o prêmio de Canção Original, de composição da cantora H.E.R.. Já na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante, a atriz da Coréia do Norte Yuh-Jung Youn, levou o prêmio pela sua atuação no filme Minari. Outro fato inédito, é que pela primeira vez, mulheres negras foram premiadas na categoria de Melhor Cabelo e Maquiagem, pelo filme A Voz Suprema do Blues.

Não sendo nenhuma surpresa, os Estúdios Disney, levou mais um Oscar na categoria de Melhor Animação, pelo filme Soul, que apesar ser da Pixar, pertence ao grupo Disney. Já A Amazon Prime Video levou duas estatuetas, pelo filme original O Som do Silêncio, que ganhou nas categorias de Melhor Som, e de Melhor Montagem. Essa última uma grande surpresa, uma vez que o preferido dos críticos era o filme Meu Pai. Falando em Meu Pai, Anthony Hopkins, venceu a categoria de Melhor Ator, por sua atuação no longa, se tornando o mais velho, com 83 anos.

abaixo você conferir os concorrentes e em negrito os vencedores de cada categoria do 93ª edição do Oscar.

MELHOR FILME

Meu Pai
Judas e o Messias Negro
Mank
Minari
Nomadland
Bela Vingança
O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago

MELHOR DIREÇÃO

Thomas Vinterberg – Druk: Mais uma Rodada
David Fincher – Mank
Lee Isaac Chung – Minari
Chloé Zhao – Nomadland
Emerald Fennell – Bela Vingança

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Collective
Crip Camp: Revolução pela Inclusão
The Mole Agent
Professor Polvo
Time

MELHOR ATOR

Riz Ahmed – O Som do Silêncio
Chadwick Boseman – A Voz Suprema do Blues
Anthony Hopkins – Meu Pai
Gary Oldman – Mank
Steven Yeun – Minari

MELHOR ATRIZ

Viola Davis – A Voz Suprema do Blues
Andra Day – The United States vs. Billie Holiday
Vanessa Kirby – Pieces of a Woman
Frances McDormand – Nomadland
Carey Mulligan – Bela Vingança

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Maria Bakalova – Borat: Fita de Cinema Seguinte
Glenn Close – Era uma Vez um Sonho
Olivia Colman – Meu Pai
Amanda Seyfried – Mank
Yuh-Jung Youn – Minari

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Sacha Baron Cohen – Os 7 de Chicago
Daniel Kaluuya – Judas e o Messias Negro
Leslie Odom Jr. – Uma Noite em Miami
Paul Raci – O Som do Silêncio
Lakeith Stanfield – Judas e o Messias Negro

MELHOR FOTOGRAFIA

Judas e o Messias Negro
Mank
Relatos do Mundo
Nomadland
Os 7 de Chicago

MELHOR FIGURINO

Emma
A Voz Suprema do Blues
Mank
Mulan
Pinóquio

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM

Collete
A Concerto is a Conversation
Do Not Split
Hunger Ward
A Love Song for Latasha

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Judas e o Messias Negro
Minari
Bela Vingança
O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago

MELHOR MONTAGEM

Meu Pai
Nomadland
Bela Vingança
O Som do Silêncio
Os 7 de Chicago

MELHOR FILME INTERNACIONAL

Druk: Mais uma Rodada (Dinamarca)
Better Days (Hong Kong)
Collective (Romênia)
O Homem que Vendeu Sua Pele (Tunísia)
Quo Vadis, Aida? (Bósnia)

MELHOR ANIMAÇÃO

Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
A Caminho da Lua
Shaun, o Carneiro, o Filme: A Fazenda Contra-Ataca
Soul
Wolfwalkers

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM

Emma
Era uma Vez um Sonho
A Voz Suprema do Blues
Mank
Pinóquio

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL

Terence Blanchard – Destacamento Blood
Trent Reznor e Atticus Ross – Mank
Emile Mosseri – Minari
James Newton Howard – Relatos do Mundo
Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste – Soul

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

“Fight for You” – Judas e o Messias Negro
“Hear my Voice” – Os 7 de Chicago
“Husavik” – Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars
“Io Sí” – Rosa e Momo
“Speak Now” – Uma Noite em Miami

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

Meu Pai
A Voz Suprema do Blues
Mank
Relatos do Mundo
Tenet

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO

Burrow
Genius Loci
If Anything Happens I Love You
Opera
Yes-People

MELHOR CURTA-METRAGEM

Feeling Through
The Letter Room
The Present
Two Distant Strangers
White Eye

MELHOR SOM

Greyhound
Mank
Relatos do Mundo
Soul
O Som do Silêncio

MELHORES EFEITOS VISUAIS

Love and Monsters
O Céu da Meia-Noite
Mulan
O Grande Ivan
Tenet

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Borat: Fita de Cinema Seguinte
Meu Pai
Nomadland
Uma Noite em Miami
O Tigre Branco

A premiação, especialmente neste ano, aconteceu em dois locais diferentes, no Dolby Theater, e na estação de trem no centro de Los Angeles, Union Station, para evitar a aglomeração. Além disso, diretamente de Londres, a Academia também realizou recebeu alguns convidados e realizou uma mini cerimônia de lá, e ainda teve concorrente recebendo estatueta em Paris. Os convidados também foram selecionados, e só os concorrentes das categorias com direito a acompanhantes e os apresentadores estiveram presentes. O uso de máscara foi obrigatório e só se pode retirar em momentos específicos da premiação por alguns do convidados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *