fbpx

Palmas registra maior índice de internações por Covid-19 desde o início da pandemia

HGP
Foto: Dynyme Hergbeth

Por Ivan Trindade


O maior índice de registros de internação por Covid-19 desde o início da pandemia foi contabilizado em Palmas. De acordo com o Boletim Epidemiológico, divulgado nesta sexta-feira, 26, pela Semus, Secretaria Municipal de Saúde, 186 pessoas com Covid-19 estão hospitalizadas atualmente na Capital. O número é o maior já registrado pela gestão. A taxa de ocupação hospitalar chega a 78,2%. Os leitos clínicos públicos e privados estão com uma taxa de ocupação de 72,4%, já os leitos de UTIs chegam a uma ocupação de 84,7%.

Ainda conforme o Boletim, 205 novos casos de infecção pela Covid-19, somente na Capital, que hoje, é a cidade com mais focos classificados e ativos da doença no Estado. Todos os novos pacientes foram encaminhados para o isolamento domiciliar.

Até então, segundo a Semus, o recorde de internações pertencia aos registros do boletim do dia sete de agosto passado, que constatou 183 pessoas internadas. O número não inclui as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). No documento desta sexta, as UPAs registram uma taxa de ocupação de 100% na unidade da região Sul e de 50% na unidade da região Norte.

Justamente para diminuir a proliferação do vírus, a Prefeitura de Palmas somente nesta semana passou a cobrar novas medidas que vão de mudanças na lotação em transportes públicos ao funcionamento do comércio. 

Vacinação

Por fim, conforme a Semus, Palmas já aplicou 10.400 doses da vacina CoronaVac em pessoas que pertencem aos grupos prioritários, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde e constante no Plano Municipal de Vacinação. Sendo 8.232 aplicações da primeira dosagem e 2.168 aplicações da segunda dose até o fechamento do documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *