fbpx

Parque Estadual do Jalapão completa 20 anos

Foto: Daniel Andrade/Arquivo/Naturatins

Por Ivan Trindade


Completou 20 anos de existência nesta terça-feira o Parque Estadual do Jalapão (PEJ). Criado pela Lei Estadual 1.203, o atrativo é hoje uma grande reserva da vida do bioma Cerrado e fonte de ecoturismo e turismo de aventura.

A gestão do parque é feita pelo Naturatins, Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), que garante a preservação de milhares de espécies vegetais e animais. Anualmente, o Jalapão tem registrado números crescentes de visitantes. Segundo dados do Naturatins, em 2019 as belezas do PEJ foram visitadas por 49.466 turistas, representando um aumento de 14,16% em relação a 2018. Realidade que foi modificada em 2020, contudo, em razão à pandemia causada pelo Coronavírus, que fez com que o parque ficasse fechado um bom tempo.

Os principais atrativos do parque são: as dunas, com suas areias douradas contrastando com os rios de águas cristalinas, e cachoeiras. A paisagem ainda contrasta com formações rochosas, como o mirante da Serra do Espírito Santo e a Serra da Catedral. O cenário é completo com extensas veredas, onde o buriti e o capim dourado se multiplicam e se transformam na base do artesanato local, que ganhou o gosto do mercado nacional e garante renda para dezenas de famílias tradicionais que habitam o PEJ.

Por se tratar de uma área protegida, com enorme biodiversidade, o Naturatins mantém rigorosa fiscalização para garantir que as visitas, mais numerosas a cada ano, não causem danos irreparáveis ao lugar.

De acordo com o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins, Warley Rodrigues, a criação do Parque foi fundamental para a conservação da biodiversidade em toda a região e que graças. “Hoje, região do Jalapão, onde o PEJ está inserido, representa a maior área contínua de Cerrado do Brasil em alto grau de conservação, inclusive abrigando inúmeras espécies da fauna, algumas ameaçadas de extinção, como o Pato Mergulhão”, disse.

Jalapão

O Parque Estadual do Jalapão (PEJ) pertence à categoria de Unidades de Conservação de Proteção Integral do Estado do Tocantins. Com área concentrada no município de Mateiros, fazendo divida com o município de São Felix do Tocantins. Os recursos naturais do Parque e de toda a área do Jalapão, bem como a produção artesanal de suas comunidades, são protegidos por meio de ações e projetos encabeçados pelo Naturatins.

O Parque conta com uma brigada de combate a incêndios florestais, inspetores, guarda-parque e servidores administrativos. A estrutura tem duas bases, sendo um centro projetado para abrigar pesquisadores e técnicos e a sede administrativa com o Centro de Capacitação e Educação Ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *