fbpx

Pesquisa aponta efetividade da Coronavac contra variante brasileira do novo coronavírus

Imagem: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por João Pedro Gomes

Pesquisas apontam eficácia de 50% da vacina Coronavac contra a COVID-19 nos primeiros 14 dias da primeira dose. Um estudo relacionado à efetividade depois de duas semanas após a segunda dose do imunizante ainda está sendo realizado.

A informação foi dada pela colunista Mônica Bergamo, do jornal “Folha de S. Paulo”. A pesquisa envolveu 67.718 trabalhadores da Saúde em Manaus. O estudo, do grupo Vebra COVID-19, é o primeiro que analisa o impacto da vacina em regiões onde a cepa P.1 é predominante.

O cientista Julio Croda, coordenador do estudo, afirma: “Os resultados são encorajadores (…) Eles mostram que a Coronavac segue sendo efetiva para a nova variante do Brasil [batizada primeiramente como variante de Manaus] e poderá ser usada no mundo todo para as novas variantes”.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *