fbpx

PF cumpre mandados de busca e apreensão por desvio de recursos públicos de merenda escolar em Formoso do Araguaia

Foto: Divulgação/Polícia Federal

Por João Pedro Gomes

A Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira, 12, em decorrência de uma operação que investiga um suposto esquema de desvio de recursos públicos de merenda escolar em Formoso do Araguaia. Intitulada Operação Micaela, a investigação é focada em empresários e servidores públicos do município.

A PF informou que 14 agentes tocantinenses estão envolvidos no caso, e quatro ordens judiciais emitidas pela Vara Federal Cível e Criminal de Gurupi estão sendo cumpridas. A operação visa encontrar mais provas e informações sobre o valor total desviado, além de realizar a identificação de novos suspeitos de participar do esquema. 

Segundo os policiais federais envolvidos no caso, após a identificação de problemas na qualidade dos alimentos fornecidos aos alunos da rede pública de educação no município de Formoso do Araguaia, indícios começaram a surgir e logo a PF começou a suspeitar. Os investigados poderão responder por corrupção e desvio de recursos públicos.

A operação recebeu o nome “Micaela” porque a palavra deriva do latim e seu significado é migalhas. Segundo a PF, esse título foi escolhido por se acreditar que a merenda fornecida aos alunos era de baixa qualidade e em quantidade inferior à que deveria.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *