fbpx

Prefeito decreta lockdown em Araguaína por cinco dias; entradas e saídas do município são proibidas

Imagem: Divulgação

Por João Pedro Gomes

Entradas e saídas do município de Araguaína foram suspensas pelo período de cinco dias, bem como as atividades não essenciais também. A medida tomada pelo prefeito da cidade, Wagner Rodrigues (SD), foi publicada pelo município na noite da última segunda-feira, 31, e as restrições devem ter início na próxima quinta-feira (03) e com validade até segunda-feira (07).

O gestor do município justificou a medida devido ao grande número de casos ativos de Covid-19 e com crescimento constante. “Temos feito um trabalho incessante para combater um novo crescimento no número de casos em Araguaína, mas infelizmente temos ainda uma grande parcela da população que não respeita as medidas de segurança mesmo com a fiscalização constante”, pontuou o prefeito.

A cidade é a segunda mais afetada no estado, e possui 30.652 casos e 397 mortes desde o início da pandemia. O Portal Integra informou ainda, nesta terça-feira (01º), que dos quatro hospitais públicos com vaga de UTI em Araguaína, três possuíam 100% de ocupação e o último estava com 90% dos leitos ocupados. Ainda assim, diversas infrações são registradas pelo município.

O decreto também apresenta mais proibições, como a circulação de pessoas pelas ruas da cidade; reunião de pessoas que não morem na mesma residência; aulas presenciais em instituições públicas e privadas; qualquer evento que cause aglomeração; venda de bebidas alcóolicas; missas e cultos em templos religiosos; e atendimento ao público em serviços não essenciais. 

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *