fbpx

Prefeituras dos municípios de Palmas e Gurupi estão sem doses da AstraZeneca para aplicação da segunda dose e falta atrapalha conclusão de ciclo vacinal de cidadãos

Foto: Reprodução/Divulgação

Por João Pedro Gomes

A Prefeitura de Palmas emitiu, nesta sexta-feira (10), uma nota confirmando que a capital não possui doses da vacina AstraZeneca para aplicar a segunda dose e, assim, imunizar a população contra a Covid-19, o que pode atrapalhar o ciclo vacinal de diversos moradores. O município de Gurupi compartilha do mesmo problema da falta de doses.

De acordo com a Prefeitura da Capital, o governo federal e o estadual têm conhecimento da atual crise. Já a Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi confirmou a falta do imunizante para a aplicação da segunda dose, mas afirmou que as aplicações da CoronaVac e da Pfizer seguem normalmente.

Em nota, a Secretaria de Saúde do Tocantins afirmou que não houve suspensão da vacinação no Estado: “A distribuição está em dia, uma vez que ainda não está esgotada a data limite para aplicação da segunda dose e o consequente fechamento do esquema vacinal”, divulgou. A SES afirmou também que aguarda a chegada de novas doses do imunizante. 

De acordo com o Ministério de Saúde, já foram entregues ao Tocantins 622.300 doses da AstraZeneca, sendo que destas, 359.009 foram referentes à primeira dose e 263.291 à segunda. “As alterações nas recomendações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) acarretam na falta de doses para completar o esquema vacinal na população brasileira. Por isso, o Ministério da Saúde alerta mais uma vez para que estados e municípios sigam o PNI”, finalizou.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *