fbpx

Produtores rurais devem ficar atentos ao  fim do prazo para vacinação contra febre aftosa

Por Gabriela Santos

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) alertou os produtores rurais para ficarem atentos ao prazo final da primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, que encerrará na próxima terça-feira, 31 de maio.

Segundo informações divulgadas pela pasta, este ano, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) mudou a estratégia de vacinação das campanhas, sendo assim, neste mês deverão ser vacinados os bovídeos (bovinos e bubalinos) de 0 a 24 meses de idade. A expectativa é vacinar 4,5 milhões de animais.

A pasta orientou ainda que o produtor deve adquirir a vacina em loja licenciada, e após a vacinação dos animais, realizar a comprovação do ato nas unidades da Agência, apresentando nota fiscal de aquisição da vacina e a carta-aviso. A partir da data da compra da vacina, o produtor tem até 10 dias para comprovação da vacinação. Além disso, mesmo aqueles produtores rurais que não tenham animais em idade vacinal deverão declarar os rebanhos para atualização cadastral.

A Adapec informou que aqueles que deixarem de vacinar os animais podem pagar multa de R$ 5,32 por animal e R$ 127,69 por propriedade não declarada, além de outras sanções previstas na legislação. A Agência também recomendou aos pecuaristas que aproveitem o manejo do rebanho e vacinem os animais contra raiva e brucelose.

Doses

Segundo levantamento feito pela Adapec, foram enviadas para o Tocantins, cerca de 7 milhões de doses de vacinas contra a febre aftosa, número suficiente para vacinar todos os animais envolvidos nesta primeira etapa da campanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *