fbpx

Remessa com 27,1mil doses de vacinas AstraZeneca chega ao Tocantins nesta sexta-feira, 7

Foto: André Araújo

Por Ivan Trindade

Novas 27,1 mil doses de vacinas AstraZeneca chegaram ao Tocantins, na madrugada desta sexta-feira, 07. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), os medicamentos foram encaminhados para a Gerência Estadual de Imunização, em Palmas, onde os lotes serão conferidos e separados. A retirada das doses, conforme a previsão, está marcada para ocorrer já no início da próxima semana.

De acordo com a SES, o público-alvo destas 27,1 mil doses, é a população que possui comorbidades, as gestantes, puérperas, além de pessoas com deficiências permanentes. A medida faz parte do Plano Nacional de Imunização, definido pelo Ministério da Saúde.

Mais vacinas

O Tocantins receberá na madrugada deste sábado, 08, mais 6,4 mil doses de  CoronaVac. Estas remessas são destinadas para segunda dose da imunização dos grupos que já receberam a primeira dose da vacina. Já em relação a nova remessa de 8.190 doses do imunizante da Pfizer, o Ministério da Saúde ainda não definiu o cronograma e data da chegada ao Estado do Tocantins.

Panorama da doença no Estado

Surgiram 852 novos casos confirmados de Covid-19 no Tocantins do dia 05 ao dia 06 de maio. Com isso, existem hoje 163.141 casos confirmados da doença. Desses, segundo o boletim diário divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, 145.450 foram recuperados e 15.061 seguem ativos. 2.630 óbitos foram contabilizados e 422 pessoas seguem hospitalizadas, 127 em leitos clínicos públicos e 147 em leitos de UTI Covid. Já sobre os leitos privados, 68 seguem nos clínicos e 80 nos de UTI Covid. E até então, 294.184 pessoas já receberam pelo menos a primeira dose de alguma vacina contra a doença.

O Tocantins ocupa hoje a 23ª posição no ranking de estados com mais casos confirmados, estando a frente do Rondônia (24ª), Roraima (25ª), Amapá (26ª) e Acre (27ª).

Todas as 139 cidades do Tocantins possuem pelo menos dez casos da doença. O boletim aponta que 87.660 das confirmações são mulheres, e 75.480 são homens, contudo, 1.593 das mortes são de homens e 1.036 de mulheres, e também que a maior quantidade de casos está entre os que possuem 30 e 39 anos (37.302 casos), seguindo com os que têm entre 20 e 29 anos (32.392 casos), 40 e 49 anos (30.911 casos), 50 e 59 anos (20.582 casos), entre 10 a 19 anos (14.456 casos), 60 a 69 anos (11.203 casos), 0 a 9 anos (7.415 casos), 70 a 79 anos (5.830 casos) e 80 e + (3.050 casos).


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *