fbpx

Superlotação de corredor no HGP é questionada por Ministério Público do Tocantins

Imagem: Governo do Tocantins

Por João Pedro Gomes

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) encaminhou um pedido de explicações à Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta segunda-feira, 03, após receber reclamações de pacientes a respeito da superlotação nos corredores do Hospital Geral de Palmas (HGP).

Thiago Ribeiro Franco Vilela, promotor de Justiça que atua na área da defesa da saúde em Palmas, é o responsável por encaminhar os questionamentos a respeito da lotação, e pede informações a respeito das medidas que serão adotadas para sanar o problema encontrado pelos corredores do HGP. 

Os procedimentos que serão aguardados pelos pacientes que esperam nos corredores, as razões pelas quais a oferta imediata dos atendimentos não é fornecida e quais providências estão sendo adotadas e a previsão de atendimento também são informações requeridas por Vilela.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *