fbpx

TCE cobra informações sobre estoque de oxigênio nas unidades de saúde do Estado; SES/TO tem 3 dias para responder

Foto: Dynyme Hergbeth

Por Ivan Trindade



O TCE, Tribunal de Contas do Tocantins está cobrando informações do Estado sobre o estoque de oxigênio nas unidades de saúde do Tocantins. O ofício foi encaminhado à Secretaria Estadual da Saúde no início da manhã desta terça-feira, 19. Agora, o Governo tem 3 dias para responder.

O Tribunal questiona se a quantidade atual de oxigênio é suficiente para atender a uma demanda urgente, se ocorrer algo semelhante ao Estado do Amazonas, como também, se há número suficiente de profissionais da saúde para atender à população.

O TCE também está questionando quais diligências estão sendo tomadas para evitar que aconteçam problemas semelhantes aos enfrentados no Amazonas, e ainda, sobre qual é a situação dos contratos com empresas que fornecem oxigênio para o Governo do Estado.

Considerando que o Governo Federal já estabeleceu o cronograma de imunização no País, o TCE também está indagando se o Tocantins já possui a quantidade suficiente de seringas, o que foi recentemente já confirmado pelo Governo no Plano de Vacinação elaborado.

O ofício pode ser conferido aqui. Nós entramos em contato com a Secretaria de Estado da Saúde, mas até o fechamento deste material não tivemos posicionamento sobre o assunto. Novas atualizações deverão ser feitas ainda durante o dia de hoje, 19.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *