fbpx

Tocantinense vem a óbito em Roraima após passar mal durante teste de aptidão física de concurso

Rapaz tinha 23 anos e havia viajado para realizar a prova física. Imagem: Acervo pessoal/Instagram.

Por João Pedro Gomes

Está sendo velado nesta quarta-feira (10), em Gurupi, o corpo de Arthur Neiva Vieira de Sousa, de 23 anos. O estudante faleceu após passar mal durante a realização do teste de aptidão física do concurso de agente penal do Estado de Roraima. 

Após ser aprovado na primeira fase do concurso e ser convocado para a segunda, o jovem treinou durante cerca de 15 dias para a prova de aptidão física, até que viajou, na semana passada, para realizar o teste em Roraima. 

Informações da Secretaria de Saúde de Roraima relatam que o rapaz deu entrada no Hospital Geral de Roraima (HGR) durante a última sexta-feira (05), mas fugiu do local após o médico solicitar uma revisão do prontuário. O jovem voltou no domingo (07) à unidade de saúde com piora no quadro, apresentando insuficiência hepática e renal, mas não resistiu e veio a falecer no local. 

O jovem teria apresentado um laudo de aptidão física que o declarava apto para a realização do teste físico assinado por um médico cardiologista do Tocantins. O corpo dele foi transportado por um avião de Boa Vista a Brasília durante a noite desta terça-feira (09), e foi levado a Gurupi em um carro funerário. A família e amigos de Arthur arrecadaram dinheiro para custear o translado do corpo.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *