fbpx

Tocantins é destaque em pesquisa que contabiliza focos de queimada no país e ocupa 5ª posição

Imagem: Sandra Wilke Fonseca

Por João Pedro Gomes

Um levantamento feito pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE) apontou que o Tocantins já contabiliza, até esta segunda-feira (16), 5.142 focos de queimada, ocupando a 5ª posição num panorama nacional, ficando atrás apenas do Mato Grosso (com 8.879 focos), Pará (6.454), Amazonas (5.754) e do Maranhão (5.169). 

Já no quadro municipal, quatro cidades do Tocantins estão no ranking das 30 mais atingidas pelos focos: Lagoa da Confusão é a mais alta na lista, em 7ª posição (com 720 focos); Formoso do Araguaia vem em 9º (com 615 focos); Mateiros na 17ª ocupação (com 388 focos); e Pium em 26º (308 focos). O município do topo da lista é Lábrea, no Amazonas, que registrou 1.499 focos até então.

O estudo mostra também que o Cerrado é o segundo bioma mais atingido pelas queimadas em 2021, perdendo apenas para a Amazônia. Mais de 80% do Tocantins é constituído pelo Cerrado. As terras indígenas também foram afetadas pelas chamas: de 30 do país, as primeira e terceira colocações são do estado (O Parque do Araguaia, com 1.036 focos; e a Terra Indígena Inawebohona, com 210 focos, respectivamente).

Revisão por Ivan Trindade

One thought on “Tocantins é destaque em pesquisa que contabiliza focos de queimada no país e ocupa 5ª posição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *