fbpx

Traficante morre em confronto com a Polícia Militar no município de Paranã

Material apreendido pelos militares. Imagem: PMTO

Por João Pedro Gomes

Na última segunda-feira, 15, um homem foi morto pela Polícia Militar (PM) após um confronto em Paranã, sul do Estado. A PM alega que ele era um dos líderes de uma facção criminosa no Estado de Goiás, e planejava chegar até o aeroporto de Palmas para fugir para o Rio de Janeiro. 

O caso começou quando a PM de Porangatu (GO) informou aos militares de Paranã que o suspeito estaria no local. Durante as buscas no setor Vita Nola, o homem foi abordado e, quando os policiais decretaram a prisão do indivíduo, ele atirou na direção dos militares. 

O confronto foi instaurado e os militares atiraram de volta. Durante a troca de tiros, o suspeito acabou baleado e nenhum militar se feriu. O homem chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Municipal de Paranã, mas não resistiu e morreu na unidade. 

A Polícia Militar encontrou e apreendeu um carro, um revólver calibre 38 com seis munições, 1 kg de maconha, dois celulares, uma corrente de ouro, um HD externo, uma carteira com documentos pessoais e um relógio de pulso. O homem tinha passagem pela polícia pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, uso de documento falso, falsidade ideológica e associação ao tráfico. O local da troca de tiros foi isolado. 

A PM alega ainda que, atualmente, ele assumia grande protagonismo e liderança em uma das principais facções criminosas, e que tentava fugir para o Rio de Janeiro. 

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *