fbpx

Vereadora Solange Duailibe cobra respostas do Estado sobre pouca quantidade de doses fornecidas pelo Governo para Palmas

Imagem: Reprodução

Por João Pedro Gomes

Nesta terça-feira (03), durante a primeira sessão legislativa referente ao segundo semestre de 2021, a vereadora Solange Duailibe (PT) repercutiu sobre a pouca quantidade de doses fornecidas pelo Governo do Tocantins a Palmas. Em sua fala, a vereadora afirmou  na Câmara de Palmas: “Palmas tem sido preterida no plano de vacina do Estado do Tocantins”.

Ao receber a fala, Solange levantou o questionamento: “Qual o critério que está sendo usado pelo poder Executivo Estadual, pela Secretaria Estadual de Saúde do Tocantins? Por que Palmas está sendo preterida neste momento tão importante? Um momento em que a sociedade espera e quer ser vacinada”. 

Ainda em sua fala, a vereadora solicitou ao Governo do Estado que preste mais atenção à entrega de vacinas para a Capital, sendo o ponto de passagem e chegada de muitas pessoas ao Tocantins: “Eu não quero acreditar, senhora presidente, que seja por questões políticas esquecendo que o que vale neste momento é o aspecto científico e não o aspecto político”. 

Em seus últimos instantes com a fala, Duailibe ressaltou que: “Não queremos ser privilegiados, mas nós também não podemos ser preteridos nessa questão da vacina”, ressaltou. “Neste momento não vale questão política, o que vale é a vida, e nós precisamos buscar os direitos que nossa capital, Palmas, tem!”, finalizou.

Revisão por Ivan Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *