fbpx

Visando melhorar a qualidade do transporte escolar no ano de 2022, Seduc e Undime debatem aprimoramentos necessários

Foto: Divulgação

Por João Pedro Gomes

Em reunião on-line com gestores de secretarias municipais de Educação do Tocantins, com participação da União Nacional dos Dirigentes Municipais (Undime), o secretário executivo da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Fábio Pereira Vaz, propôs parceria aos municípios para implementar melhorias no transporte escolar no ano de 2022.

Foram convidados para participar da reunião representantes de 43 cidades do Tocantins que utilizam serviço terceirizado para transportar os estudantes das escolas municipais.

“Com o aproximar do ano letivo, com aulas presenciais previstas, precisamos implementar melhorias desde já para que nenhum estudante fique fora da escola. Por isso, estamos analisando as rotas que são compartilhadas pelas redes municipais e estadual, as particularidades de cada linha, para melhorar questões como a manutenção dos veículos e otimizar a aplicação dos recursos”, ponderou Fábio Vaz. 

Os secretários municipais expuseram as realidades e dificuldades com o transporte escolar. “Nesse momento de diálogo, os gestores puderam expor as situações dos municípios, que têm realidades diversas, mas que também se assemelham. Hoje a maior angústia é o valor do combustível, que tem que ser levado em consideração, além da manutenção dos carros. E em alguns locais, há veículos do município e do Estado que fazem a mesma rota, cada um para a sua rede, e a iniciativa do secretário executivo de firmar parceria entre os entes é importante para que possamos reduzir gastos e atender ambas as redes”, reforçou a presidente da Undime, Francinete Ribeiro.

Os dirigentes municipais de educação demonstraram interesse em firmar parceria com a Seduc. O próximo passo será o alinhamento com os gestores de cada município, para posterior formalização da proposta.

(Com informação da Secretaria de Educação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *